fbpx
feng shui feng shui

6 dicas para usar o Feng Shui para harmonizar a energia da casa

6 minutos para ler

O Feng Shui consiste em uma técnica milenar chinesa. Ele é a junção entre a arte e a ciência, sendo muito utilizado para direcionar as energias positivas por meio de um desenho arquitetônico. Além disso, ele tem sido aplicado para ajustar o posicionamento dos móveis e objetos de decoração, na procura por prosperidade e equilíbrio. 

É válido ressaltar que o Feng Shui não é algo de base religiosa ou mística. Ele mostra o conhecimento adquirido por meio da análise sensorial, do inconsciente e da intuição em conjunto com as forças da natureza. Continue a leitura e conheça 6 dicas para usar o Feng Shui para harmonizar a energia da casa! 

1. Estude o Baguá 

Antes de inserir o Feng Shui em sua casa, é essencial conhecer a respeito do Baguá, ou seja, um mapa dos centros de energia de cada cômodo da sua casa. Para facilitar a compreensão, ele é um octógono com nove partes. 

É importante destacar que o Feng Shui é fundamentado na maneira que moldamos a energia que se move por nossas casas. Sendo que essa energia é conhecida como CHI e interferida pelos objetos e móveis que inserimos em cada local. Alguns itens atrapalham que o CHI circule livremente, já outros favorecem. Logo, é preciso ficar muito atento. 

É possível entender a casa de duas formas, conforme o Baguá. É possível analisá-lo segundo a rosa dos ventos, com a área de trabalho localizada no norte, ou posicionar a mesma área na entrada da casa e de cada um dos ambientes. Dessa forma, você entende melhor o funcionamento da casa e ainda descobre a razão de algum contratempo pessoal. 

2. Pense nas cores 

As cores são muito importantes para Feng Shui, uma vez que elas apresentam influências energéticas. Os efeitos delas podem variar para cada indivíduo, mas é possível realizar uma avaliação e até mesmo indicar em quais locais elas poderão ser utilizadas. 

O amarelo, por exemplo, representa o elemento terra e é associado à estabilidade, à riqueza e ao poder. A cor é capaz de estimular a concentração, a vivacidade e a sabedoria, sendo ótima para ser utilizada em locais de estudo e trabalho. 

O azul pode ser utilizado nos quartos, já que é associado à harmonia e à tranquilidade. O azul escuro é ligado à sabedoria e à intuição, o claro transmite paz e espiritualidade e o esverdeado está associado ao desenvolvimento e à juventude. O azul também pode ser inserido em salas de meditação e bibliotecas. 

O vermelho representa o elemento fogo. Ele é capaz de refletir diversas energias, como paixão e vitalidade. O vermelho não pode ser usado em quartos. O indicado é usar a cor apenas em alguns detalhes, sem exagero. 

O branco transmite paz, pureza e está associado à espiritualidade. Ele pode ser inserido na cozinha, no banheiro e na área de serviço. É preciso ressaltar que ambientes extremamente brancos podem gerar desconforto, como ansiedade. 

O rosa é a cor que simboliza romance e amor. É uma ótima opção para ser usada na entrada, em locais de estudo e quartos. Saiba que o verde é a cor ligada à renovação de energia e a novos ciclos, podendo ser inserida no quarto das crianças.

O roxo está muito associado à espiritualidade e à meditação, além de fazer uma boa conexão entre o amor e a sabedoria e entre a razão e a emoção. O preto é o grande representante da água. Essa cor pode ser aplicada em locais de trabalho e estudo, pois transmite a ideia de inteligência e sabedoria.

O cinza é muito aplicado nos projetos de decoração. Ele corresponde ao equilíbrio dos opostos, entre as cores branca e preta, sendo uma ótima opção para locais internos. Você pode mesclá-lo com alguns tons coloridos.

3. Coloque plantas 

As plantas são essenciais e grandes parceiras do Feng Shui. Elas são capazes de purificar o ar e renovar as energias do ambiente. Conforme a crença chinesa, é preciso aproximar os seres humanos da natureza. Dessa forma, não existe nada melhor que ter flores, árvores ou qualquer outra planta dentro de casa. 

4. Aposte em fontes de água 

Uma dica para manter as finanças em dia e sem contratempos no final do mês é a inserção de água corrente no quadrante da prosperidade. Você pode optar por um aquário ou outras opções – isso fica ao seu critério. Mas não deixe de inserir algo relacionado à água em sua decoração.

5. Ilumine a entrada principal 

A parte da entrada do ambiente precisa ser sempre bem iluminada e limpa. Isso transmite paz e tranquilidade. Por isso, não deixe de apostar em uma iluminação. Com isso, os moradores já conseguem sentir uma paz enorme. 

6. Posicione os móveis corretamente 

É indicado pelo Feng Shui que os móveis, especialmente os sofás, as mesas de escritório e as camas estejam posicionadas de frente para a porta principal da casa e encostadas nas paredes, sem janelas. Desse modo, você consegue ter uma visão ampla do local, mais segurança e bem-estar. Saiba que a janela transmite uma sensação de insegurança, e a parede associada com o banheiro pode passar boas energias. 

O fogão é um dos eletrodomésticos que mais representa prosperidade dentro de uma casa. Por essa razão, precisa funcionar corretamente e em bom estado. Caso ele fique ao lado da pia, é recomendado inserir um sino de vento ou um cristal entre eles, para que os elementos “água” e “fogo” não entrem em atrito. 

Nesse sentido, é possível perceber que é necessário adotar as dicas mencionadas para garantir uma boa energia dentro de casa. Contudo, algumas situações precisam ser evitadas para não atrapalhar o fluxo, como a inserção de obstáculos que afetam a entrada de energia da rua para dentro de casa e nunca deixar a porta do banheiro aberta.

Portanto, a finalidade do Feng Shui é proporcionar um ambiente agradável para residir ou trabalhar. As ações mencionadas garantem diversos benefícios para sua área pessoal e profissional. Mas precisam ser feitas com cuidado e atenção.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para que seus amigos fiquem por dentro do assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário