fbpx
compra conjunta de imóvel compra conjunta de imóvel

Compra conjunta de imóvel: tire agora suas dúvidas sobre o assunto

6 minutos para ler

É fato que construir uma vida a dois exige muito planejamento e comprometimento. Nesse sentido, a aquisição de uma casa ou um apartamento é um dos principais objetivos do casal, visto que está diretamente relacionada à construção do patrimônio familiar. Logo, a compra conjunta de imóvel tem sido uma realidade de muitos brasileiros.

O casal interessado faz uma reserva de dinheiro para comprarem à vista ou financiando a propriedade em questão. Dessa maneira, ambos são considerados donos do imóvel e dividem entre si os privilégios e as responsabilidades da propriedade.

Está gostando do conteúdo e quer saber mais sobre essa forma de negociação? Então, prossiga a leitura!

Como funciona a compra conjunta de uma propriedade?

A compra de um imóvel de maneira conjugada é uma das modalidades de aquisição mais recorrentes no Brasil. Isso porque poucas são as pessoas que dispõe de um capital financeiro para comprar individualmente uma casa ou apartamento. Logo, optam por envolver mais alguém nessa negociação e, assim, facilitar o andamento do processo de transação.

É preciso escolher de forma criteriosa as pessoas que estarão envolvidas nesse processo de compra de uma determinada propriedade. Diante disso, é preciso avaliar o caso de cada participante antes mesmo de prosseguir para as etapas burocráticas, analisando se algum dos envolvidos possui débitos ou algum tipo de cobrança judicial.

Depois de escolhidos os participantes, é preciso que todos os envolvidos se comprometam a quitar as contas, os impostos e as taxas nos prazos determinados. Assim, os valores devem ser divididos de forma proporcional em cada parte que o participante tem sobre o imóvel em questão.

Para aqueles interessados em realizar essa compra à vista, os processos burocráticos são mais simplificados, pois o contrato exige apenas os nomes dos futuros proprietários, que, depois de assinarem a documentação, devem averbar a matrícula do bem.

Quais as vantagens da compra conjunta de imóvel?

É claro que essa transação envolve muitos recursos financeiros e comprometimento de renda, por isso, muitos casais têm dúvidas e preocupações sobre esse assunto. Dessa forma, é válido pontuar algumas vantagens dessa compra, sendo a principal delas a facilidade com que o financiamento imobiliário aprova a transação.

Somado a isso, essa compra é uma ótima opção para as pessoas que não possuem uma renda bruta que as possibilite alcançar o valor suficiente para financiar um imóvel. Assim, o consumidor percebe que, se tivesse outra pessoa para realizar a compra junto com ele, o seu poder monetário no momento da transação seria alavancado.

Quais as desvantagens dessa negociação?

O principal ponto negativo dessa transação é o fato de você não ser o único dono da propriedade. Diante disso, qualquer ato que envolva o imóvel dependerá da aceitação e do consentimento de todos os participantes envolvidos.

Além disso, tem-se o caso da separação do casal. Nessa situação em específico, alguns problemas podem ser gerados, visto que poderá ocasionar uma inviabilidade no financiamento, o que não aconteceria se você adquirisse o imóvel por conta própria.

O que pode impedir a compra conjunta?

Existem situações de financiamento em que o banco não concede o empréstimo: se um dos interessados que estiverem envolvidos na transação tiverem algum tipo de problema de documentação ou restrição de crédito, por exemplo. Além disso, o saldo de score negativo de um dos compradores pode comprometê-lo a ter acesso às melhores condições de financiamento.

Outro fator importante que pode impedir o andamento do processo de compra conjunta ocorre se algum dos participantes não estiver de acordo com as condições e regras exigidas. Isso porque é preciso ter em mãos comprovantes de renda atualizados, documentação pessoal em ordem e nomes sem restrição.

Quais são os cuidados que precisam ser tomados?

A primeira atitude a ser tomada é deixar evidente no contrato de compra e venda o nome de todos os envolvidos na aquisição. Da mesma forma, também é de suma importância registrar o percentual de cada comprador, a fim de evitar problemas futuros — tanto na documentação da compra quanto na escritura do bem.

Esse é um dos cuidados básicos que precisam ser executados no momento da transação, afinal, é por meio deles que se estabelecerão os direitos e deveres aos proprietários. Além disso, é preciso se atentar também às condições impostas pela construtora, pois ela verificará juntamente ao banco se as condições dos compradores preenchem os requisitos solicitados.

É possível fazer compra conjunta mesmo se não houver um casamento formal?

Caso a sua dúvida seja essa, saiba que é possível fazer um compra conjunta sem ter o registro de união estável. Em casos como esse, valem as orientações feitas para pessoas casadas, pois a união possui o mesmo efeito jurídico que o casamento.

Várias são as formas de realizar um compra conjunta — e, para tanto, não precisa necessariamente ser um casal. Existem casos de pais e filhos que somam as suas economias e juntos conseguem adquirir uma casa à vista; amigos também podem financiar um apartamento de forma conjunta. Logo, se as regras de operação de crédito forem aceitas, a transação é realizada com sucesso.

Portanto, é indispensável que, antes de pensar em fazer um compra conjunta, o indivíduo tenha em mente qual é o seu objetivo com essa transação, a sua condição financeira e quais serão os participantes que farão parte dessa transação.

Posto isso, é visível que em termos de economia e praticidade a aquisição de imóvel de forma conjunta é uma opção viável para casais que sonham com a casa própria, porque somando as economias de ambos, será mais fácil atingir o objetivo.

Pensando nisso, a equipe da Guarida tem ótimas opções para quem quer apostar na compra conjunta de imóvel para conquistar o seu cantinho. A empresa conta com uma rede de profissionais que atende de maneira ágil todos os seus clientes, priorizando as suas individualidades e fazendo com que o ato da compra seja uma experiência única e agradável.

Gostou do conteúdo apresentado? Então, aproveite para entrar em contato conosco e ficar por dentro de mais novidades sobre esse assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário