regras para grupo de condominio regras para grupo de condominio

3 regras para grupo de condomínio no WhatsApp

4 minutos para ler

Você que é síndico, sabe que algumas ferramentas de tecnologia podem contribuir bastante para a sua rotina de trabalho. Diante disso, será que você já considerou conhecer quais são as regras para grupo de condomínio no WhatsApp que devem ser implementadas?

Estabelecer regras no grupo é muito importante para evitar conflitos e mal-estar entre os moradores, além de evitar discussões por assuntos que não são prioridades do condomínio e que não cabem ser abordados no aplicativo.

Pensando nisso, listamos 3 regras que devem ser estabelecidas na utilização do WhatsApp, a fim de que todos os condôminos possam tirar o melhor proveito desse recurso. Confira, a seguir, as nossas sugestões!

1. Deixe os objetivos do grupo bem claros e definidos

Para garantir a boa convivência em condomínio, dentro e fora do grupo de WhatsApp, é imprescindível que as regras de utilização do aplicativo sejam suficientemente claras e objetivas ao ponto de que todos compreendam e não tenham dúvidas.

No início da criação do grupo, essas regras podem ser repostadas com frequência até que todos os integrantes, de fato, estejam cientes do que pode ou não ser abordado ali.

Nesse sentido, o mais indicado é fazer uma lista em tópicos sobre os assuntos permitidos e proibidos, com uma limitação de horário, a fim de que o grupo não se torne fonte de aborrecimentos na madrugada com mensagens fora de hora.

2. Restrinja os assuntos às questões do condomínio

Embora o grupo tenha por objetivo tratar apenas das questões relacionadas ao condomínio, é muito importante esclarecer os assuntos que não devem ser tratados no grupo, ainda que sejam relacionados ao edifício.

Alguns deles que não devem ser tratados, por exemplo, dizem respeito às questões particulares de conflitos entre moradores, a dívidas ou atrasos de condomínio e a condutas inadequadas específicas, especialmente se elas vierem fundamentadas com fotos ou registros que possam causar constrangimentos.

Logo, o grupo deve abordar questões gerais que visem a facilitar a comunicação de todos, oferecendo mais rapidez e eficiência para a transmissão de informações relevantes para os moradores, como: aviso de dedetização e de limpeza da caixa d’água, ações extraordinárias decididas pelo síndico, ajuda para a vizinhança, entre outros temas dessa ordem.

 3. Proíba postagens de cunho político, ofensivo ou pornográfico

Se existem assuntos que podem gerar polêmica e discussões, e que nada têm a ver com os interesses do condomínio, esses devem ser expressamente proibidos no grupo do WhatsApp. Esses assuntos podem ser de cunho político, religioso, piadas de gosto duvidoso e, até mesmo, de teor pornográfico. Seja qual for o tema desse rol que listamos, certamente, não são questões para serem abordadas no grupo.

Mesmo com todas as regras estabelecidas, nem sempre será o suficiente para evitar que algum problema aconteça no grupo de WhatsApp do condomínio. Por isso, é vital que você esteja preparado para lidar com essas situações. Para ser bem-sucedido em mediar conflitos, recomendamos que você mantenha a calma, mas sem perder a firmeza ao declarar o que é ou não permitido nesse espaço virtual.

Em seguida, procure conversar em particular com a pessoa envolvida na questão, a fim de restaurar o foco do grupo e preservar a privacidade de quem ultrapassou os limites das regras para grupo de condomínio.

Agora que você já sabe sobre as regras que podem ser estabelecidas no grupo de WhatsApp, continue a leitura e descubra, também, como compartilhar itens com a sua vizinhança!

Posts relacionados

Deixe um comentário