espaço zen espaço zen

5 dicas para montar um espaço zen perfeito no apartamento

5 minutos para ler

Em um cenário competitivo e acelerado, como o que vivemos atualmente, ter um ambiente para se desligar dos problemas e das questões do dia a dia, conseguindo usufruir de paz e tranquilidade, é fundamental para a qualidade de vida e a manutenção da saúde mental. Embora o nosso lar devesse ser um lugar que nos proporcione segurança e conforto, nem sempre conseguimos relaxar adequadamente. Por isso, investir em um espaço zen pode ser uma ideia interessante.

De forma simplificada, um espaço zen é um ambiente criado especificamente para que você se desconecte de tudo e possa usufruir de boas energias e momentos de reflexão, meditação e relaxamento. Para isso, é preciso que cada parte da arquitetura do ambiente seja pensada para trazer sentimentos de paz, conforto, segurança e tranquilidade.

Preparamos este conteúdo para que você conheça uma série de dicas sobre como montar um espaço zen no apartamento. Continue a leitura do post para poder colocá-las em prática!

1. Escolha o lugar

Primeiro, você precisa decidir o local em que o espaço zen será montado. Mesmo em apartamentos pequenos, se esse for o seu caso, é possível separar um ambiente apenas para essa finalidade.

O importante é que o espaço escolhido seja estrategicamente posicionado. Por exemplo, se o apartamento tem mais de um cômodo, escolha o que fica no final do corredor. Essa é uma forma de evitar a circulação de pessoas em momentos em que você estiver meditando, lendo um livro ou simplesmente curtindo o silêncio e a sua privacidade. Mas não há uma regra para isso. Seu espaço zen pode ser na sala, no quarto ou na varanda.

2. Opte por tons de cores relaxantes

Cores têm grande influência no psicológico humano. Para que você tenha uma ideia, não é por coincidência que todos os hospitais, as clínicas e os estabelecimentos da área da saúde, por exemplo, têm seus ambientes internos pintados com em branco e azul claro. Essa combinação de cores específica transmite a sensação de higiene, segurança e paz.

Partindo desse princípio, as cores que vão compor o seu espaço zen devem ser baseadas no conceito de criar uma atmosfera para ativar as sensações de que você precisa. Portanto, evite as fortes, vibrantes e intensas, como vermelho ou amarelo, pois são estimulantes.

O ideal é apostar em cores claras e suaves, que simboliza serenidade, calma, paz e equilíbrio, como verde claro, bege, branco, cinza, azul claro, além de tons pastéis e “amadeirados”.

3. Use uma iluminação indireta

A iluminação é um ponto muito importante a ser pensado na hora de montar um espaço zen no apartamento. Geralmente, esse tipo de ambiente aproveita a iluminação natural, durante o dia, e a indireta, durante a noite. Assim como é o caso das cores, a luz influencia em nosso emocional, podendo nos ajudar a relaxar.

Aposte em abajures ou sancas com lâmpadas amareladas e não muito intensas. Faça um jogo de luzes para que a luminosidade seja refletida indiretamente. Por exemplo, ao direcionar a luz para uma parede, a cor será refletida em todo o ambiente, criando uma atmosfera confortável, além do fato de que a luz não baterá diretamente em seus olhos.

A ideia aqui é chegar à intensidade de iluminação ideal para você. Ou seja, o suficiente para que você consiga ler um livro quando quiser, mas não tão forte a ponto de causar agitação ou incomodar a visão.

4. Dê um espaço para a natureza

Embora a humanidade tenha se adaptado ao estilo de vida urbanizado e não consiga mais viver sem tecnologia, o fato é que, essencialmente, precisamos de conexão com a natureza, como uma espécie de instinto primitivo.

Visto que nem sempre podemos nos dar o luxo de deixar as responsabilidades de lado para ir acampar ou viver em uma zona rural, o espaço zen pode ser uma forma de trazer um pouco desse tipo de experiência para dentro de casa. É como um santuário, no qual você pode desligar-se da cidade e reconectar-se com a natureza.

Dito isso, invista em elementos naturais, como flores e plantas. Além de transmitirem paz, conforto e tranquilidade, o elemento natural é ótimo para compor o ambiente devido às suas cores marcantes. Além do fato de que plantas são reguladoras de temperatura e renovadoras de ar, o que ajuda a trazer mais vitalidade para dentro de sua casa.

5. Crie um ambiente confortável

Se você seguiu todas as dicas que citamos até o momento, a esta altura o seu espaço zen já terá a maioria dos elementos necessários para ser um ambiente confortável. Contudo, é possível ir além.

Invista em móveis que proporcionem relaxamento, como:

  • pufes;
  • tapetes felpudos;
  • acolchoados;
  • almofadas;
  • futons;
  • velas perfumadas;
  • incensários;
  • luminárias;
  • vasos.

As cores desses itens devem harmonizar umas com as outras e com o restante do ambiente. Como já explicamos aqui, o espaço zen costuma ser montado com base em paletas de cores mais voltadas para o natural, como tons pastéis e tons terrosos. Caso o ambiente do apartamento permita, separe um canto para ter uma rede de balanço.

Como você pode perceber neste conteúdo, ter um lugar para se desligar dos problemas cotidianos, meditar e relaxar, sem precisar sair de casa, traz muito mais qualidade de vida para você e a sua família. Felizmente, é possível montar um espaço zen no apartamento, mesmo que o imóvel não seja muito grande. Basta ter criatividade e seguir as recomendações que trouxemos aqui.

Gostou das dicas? Então é provável que você também se interesse pelo artigo sobre como fazer a decoração de apartamentos pequenos. Leia e aproveite!

Posts relacionados

Deixe um comentário